Eurocidade Chaves-Verín

Região Norte conquista os RegioStars pelo terceiro ano consecutivo

Vencedor na categoria CityStar

A Região Norte de Portugal sobe ao pódio dos RegioStars pelo terceiro ano consecutivo. Na edição de 2015, cuja cerimónia de entrega dos prémios decorreu ontem, em Bruxelas, foi a vez do projeto de cooperação transfronteiriço entre Chaves e Verín, enquadrado na categoria “CityStar”, consolidar o Norte como uma região RegioStar. 

Organizados desde 2008 pela Comissão Europeia, os RegioStars distinguem iniciativas inovadoras à escala regional, como foi o caso, em 2014, ao ter premiado o projeto Art on Chairs (Paredes), e na edição de 2013, o Parque de Ciência e Tecnologia da Universidade do Porto (UPTEC).

O projeto de cooperação transfronteiriço entre Chaves e Verín estava entre os 17 finalistas, selecionados pela Comissão Europeia, de um total de 143 candidatos àqueles que são considerados os "Óscares Europeus” para os projetos regionais mais inspiradores no conjunto dos 27 Estados Membros, e que se distinguem nos critérios de inovação, impacto, sustentabilidade e parceria.

Na avaliação à candidatura da Eurocidade Chaves–Verín, projeto cofinanciado pelo POCTEP 2007/2013 em cerca de 1,6 milhões de euros, o júri sublinhou o impacto positivo da parceria entre as duas localidades, tanto a nível institucional, como económico, social, cultural e ambiental.

Também pelo facto do sucesso do projeto ter inspirado a criação de novas Eurocidades ao longo da fronteira luso-espanhola contribuiu para a avaliação desta candidatura, enquadrada na categoria “CityStar”, a par de mais cinco finalistas, nomeadamente de projetos na Suécia, França, Espanha e uma cooperação entre cidades fronteiriças da Suécia e Noruega.